450 anos de São Paulo

Por: Marcos Biasioli
01 Janeiro 2004 - 00h00
Como “paulistano da gema”, sou suspeito para falar bem da aniversariante – a cidade de São Paulo. Minha omissão, contudo, seria entendida como traição e para ela, que sempre me acolheu, pura ingratidão.

Toda cidade tida como metrópole sofre com a velocidade do próprio crescimento, pois é vista pelos imigrantes como o garimpo da riqueza, cujo preço é a insegurança, a impessoalidade, a vulneração à qualidade de vida, a submissão à dinastia dos abastados, a concorrência desleal, e muito mais.

São Paulo não é diferente: contabiliza população próxima de 17 milhões de habitantes totalmente heterogêneos, mesclados de paulista, fluminense, mineiro (50%), baiano (17,56%), pernambucano, alagoense, cearense, sergipano, piauiense (somados, 15%) e tantos outros. Na soma dos imigrantes estrangeiros, a metrópole acolhe especialmente: portugueses desde que foi fundada; italianos, a partir de 1871; japoneses desde 1908; espanhóis, que aqui chegaram a partir de 1920 (um censo ainda apurou que 78% de todos os imigrantes espanhóis estão radicados na capital paulista); alemães, principalmente na época do nazismo (1930); além de libaneses, sírios e diversos outros.

Nossa cidade, antigamente conhecida como “terra da garoa”, tornou-se uma das maiores cosmopolitas de enorme riqueza cultural, tecnológica, intelectual e industrial. Por isso abriga por ano cerca de 45 mil eventos e reina na gastronomia – do pão de queijo ao feijão de corda, do churrasco ao chimarrão, da pizza ao macarrão, da vaca atolada ao vatapá. Emudece as outras metrópoles do mundo quando o assunto é boemia, diversidade musical do forró ao carnaval, da música eletrônica à gafieira, dos shows ao teatro – nesse ponto, diga-se de passagem, a capital paulista já deu bye-bye a Nova York, pois temos em cartaz 136 peças teatrais contra 106 da pérola americana.

Enfim, São Paulo é uma grande mãe, que só chegou onde está, entretanto, com ajuda de seus filhos, inclusive dos adotivos. Que seja reafirmada a voz de Mário de Andrade: continue a escorrer vida, terra da garoa!

Parabéns São Paulo!

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS