As entidades filantrópicas ligadas à área da educação, ensino superior, que aderirem ao Pronatec (Lei 12.513/2011) podem contabilizar como gratuidade as bolsas concedidas através do programa?

Por: Instituto Filantropia
09 Agosto 2013 - 23h58

Resposta: As entidades reconhecidas como beneficentes de assistência social, isto é, detentoras do Cebas, poderão contabilizar bolsas-formação do Pronatec como gratuidade, todavia deverão demonstrar que os cursos oferecidos estão em consonância ao Plano Nacional de Educação (PNE), Lei 12.513/2011, Portaria nº 20/2013 do Ministério da Educação (Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica). Ainda, deverão demonstrar que as bolsas-formação não ultrapassam o limite legal de 25% da gratuidade prevista no artigo 13 da Lei 12.101/09 e demonstrar que os valores repassados pelo Pronatec não cobrem o custo efetivo total do aluno, havendo um dispêndio econômico adicional de valores.

Conteúdo Relacionado

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS