Balanço social da colcha de retalhos ao instrumento de gestão

Por: Fábio Rocha
01 Outubro 2005 - 00h00

Dentro desta maravilhosa febre da responsabilidade social empresarial encontra-se
um elemento em destaque: o balanço social. Só que, mais uma vez, as empresas – com algumas raras exceções – preocupam-se em apenas atender o pré-requisito de ter ou publicar um balanço das suas ações sociais. Não o entendem como instrumento de gestão ou ferramenta que possibilita o aperfeiçoamento do próprio programa de responsabilidade social.

Temos hoje no mercado um número razoável de balanços sociais publicados, se pensarmos no universo das grandes empresas, principalmente das regiões sudeste e sul. O que devemos nos perguntar é se realmente esses documentos são efetivamente balanços sociais.

Temos obras de arte, peças de marketing, relatório de atividades, documentos publicitários e jornalísticos, informativos de ações sociais realizadas pela empresa nas comunidades, mas raramente encontramos balanços sociais.

Balanços sociais são como instrumentos que configuram o levantamento de uma situação (impacto social das atividades da empresa), que representam a possibilidade de verificação ou resumo de determinadas ações (indicadores, credibilidade) ou o registro da empresa, em um dado momento, indicando as ações sociais, sua finalidade, a relação com o negócio da empresa e os recursos aplicados.

Outro grave problema é a falta de entendimento do conceito de responsabilidade social, gerando um balanço social restrito às ações sociais da empresa na comunidade (ações externas). Deixa de apresentar elementos importantes como o modelo de gestão do programa de responsabilidade social e as ações voltadas para os demais stakeholders.

Uma preocupação também relevante é evitar que o balanço social seja um mero relato de ações e programas, não demonstrando a forma de gestão e os canais de relacionamento da empresa com todos os públicos interessados ou partes envolvidas, além das possibilidades de avaliação destes relacionamentos e das possibilidades de melhoria. Basta lembrar que responsabilidade social é uma forma de gestão, e não apenas a realização de ações, projetos ou programas.

Imaginar que o balanço social é apenas um documento é outro grande problema. Na verdade, ele é um processo de diagnóstico, planejamento e avaliação do programa de responsabilidade social da empresa. O que faz diferença não é produzir e/ou publicar o balanço, mas, sim, a forma de construí-lo e utilizá-lo como instrumento de gestão.

A formação de um comitê de elaboração do balanço social, a capacitação deste comitê, a sistematização das origens dos dados, encontro com os stakeholders, a precisão dos indicadores e a execução de um plano de comunicação são também elementos que tornam essa ferramenta mais consistente e sólida.

O balanço social deve ser visto como um documento de prestação de contas ao mercado e à sociedade, que transmite credibilidade, clareza e consistência, lembrando sempre que o princípio básico não é que todos leiam as minúcias do documento, mas que cada público encontre as informações que possam melhorar o relacionamento com a empresa.

Portanto, o verdadeiro balanço social não deve ser uma colcha de retalhos. É uma possibilidade de diálogo, uma diretriz, uma memória estatística, um instrumento de gestão. Deve-se ressaltar ainda que poderemos ter em breve a obrigatoriedade dessa publicação no Brasil, o que já acontece em países como a França (desde 1977), Alemanha, Holanda, Bélgica, Espanha, Inglaterra e Portugal.

Enfim, fazer e publicar o balanço social é mudar a visão tradicional de gestão de negócios para uma visão em que a empresa entende que lucro e responsabilidade social andam juntos, preocupando-se com a satisfação de sua força de trabalho e com o ambiente externo.

O mercado será o grande auditor das empresas. Assim, as empresas devem se capacitar a fim de garantir a construção de um balanço social que atenda aos conceitos mais modernos e esteja à altura do peso de suas ações sociais internas e externas.

Tudo o que você precisa saber sobre Terceiro setor a UM CLIQUE de distância!

Imagine como seria maravilhoso acessar uma infinidade de informações e capacitações - SUPER ATUALIZADAS - com TUDO - eu disse TUDO! - o que você precisa saber para melhorar a gestão da sua ONG?

Imaginou? Então... esse cenário já é realidade na Rede Filantropia. Aqui você encontra materiais sobre:

Contabilidade

(certificações, prestação de contas, atendimento às normas contábeis, dentre outros)

Legislação

(remuneração de dirigentes, imunidade tributária, revisão estatutária, dentre outros)

Captação de Recursos

(principais fontes, ferramentas possíveis, geração de renda própria, dentre outros)

Voluntariado

(Gestão de voluntários, programas de voluntariado empresarial, dentre outros)

Tecnologia

(Softwares de gestão, CRM, armazenamento em nuvem, captação de recursos via internet, redes sociais, dentre outros)

RH

(Legislação trabalhista, formas de contratação em ONGs etc.)

E muito mais! Pois é... a Rede Filantropia tem tudo isso pra você, no plano de adesão PRATA!

E COMO FUNCIONA?

Isso tudo fica disponível pra você nos seguintes formatos:

  • Mais de 100 horas de videoaulas exclusivas gratuitas (faça seu login e acesse quando quiser)
  • Todo o conteúdo da Revista Filantropia enviado no formato digital, e com acesso completo no site da Rede Filantropia
  • Conteúdo on-line sem limites de acesso no www.filantropia.ong
  • Acesso a ambiente exclusivo para download de e-books e outros materiais
  • Participação mensal e gratuita nos eventos Filantropia Responde, sessões virtuais de perguntas e respostas sobre temas de gestão
  • Listagem de editais atualizada diariamente
  • Descontos especiais no FIFE (Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica) e em eventos parceiros (Festival ABCR e Congresso Brasileiro do Terceiro Setor)

Saiba mais e faça parte da principal rede do Terceiro Setor do Brasil:

Acesse: filantropia.ong/beneficios

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book Como começar uma⠀ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

BAIXE GRATUITAMENTE
E-book 18 PASSOS essenciais para ajudar sua ONG

BAIXE GRATUITAMENTE

PARCEIROS VER TODOS