Feliz ano novo, de novo

Por: Marcio Zeppelini
01 Março 2010 - 00h00

É sempre assim. Passam as festas de final de ano e o ritmo do Brasil começa lento. Muitos aproveitam as férias da prole para viajar e também descansar, e acabamos nos deparando com diversos argumentos do tipo: “assim que Fulano voltar de férias, podemos retomar o assunto”. Aí, quando Fulano retorna, é Ciclano que não está para dar o aval dele neste ou naquele projeto.

Sol forte em praticamente todo o território do Brasil e capitais submergidas pelas águas de março que, desta vez, resolveram aparecer mais cedo. E a lentidão se prorroga até a folia do Carnaval mostrar suas escolas de samba campeãs e a ressaca terminar.

Como faz quase dois meses que os projetos estão “semiparados”, é preciso uma semana para se organizar novamente e, enfim, poder dizer: “o ano começou”.

No artigo E se o Carnaval fosse em julho, escrito por meu amigo Rafael Baltresca, ele provoca: “Uma reflexão atenta sobre isso pode ser uma boa oportunidade para revermos nossos paradigmas, descartando pensamentos limitantes e abraçando os possibilitadores”.

Os problemas sociais no Brasil não possuem mês para começar ou terminar; simplesmente estão aí e acontecem todo dia. Como, então, ter recursos nos meses de janeiro e fevereiro se o investidor social está no Guarujá com a família?

Planejamento prévio é a única resposta que posso afirmar ser uma equação positiva. Mas a criatividade na geração de recursos para as entidades deve ser ampliada a patamares fora do padrão de captação realizados ao longo do ano inteiro.

E, como Baltresca diz, é muito mais produtivo e melhor enfraquecer os paradigmas coletivos que podem nos levar ao abismo e começar a exercitar as crenças positivas, mesmo que remando contra a maré: “O Brasil começa em janeiro e minha ONG (empresa) também”, “fevereiro é o melhor mês do ano porque me dá a oportunidade de sair à frente.”

A prática do pensamento positivo é a principal arma para que barreiras sejam quebradas e passem a fazer parte do passado. A ação deve ser sempre imediata e pautada em objetivos pessoais e institucionais – novamente por meio de um planejamento bem detalhado.

Pensem nisso! Um ótimo ano novo para todos os leitores.

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS