Jornada de trabalho abusiva

Por: Instituto Filantropia
28 Outubro 2013 - 22h38

A não concordância de um sindicato com a alteração da jornada de trabalho não dá ao empregador o direito de abusar do poder de direção e alterar o horário de trabalho de seus empregados. Este foi o entendimento da Subseção I Especializada em Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho, que rejeitou recurso de empresa já condenada pela 6ª Turma do TST por alterar o turno fixo de oito horas imposto aos empregados. A mudança, segundo entendimento dos magistrados, prejudicou as condições benéficas trazidas pela adoção do turno fixo, que até gera benefícios à saúde, pois desobriga o trabalhador da alternância de horários, algo próprio dos turnos de revezamento.
 www.tst.jus.br

EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS