Lista suja de trabalho escravo

Por: Marcelo Monello
01 Janeiro 2011 - 00h00
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) atualizou em seu site o cadastro de empregadores flagrados explorando mão de obra escrava no país. Conhecida como lista suja, a relação inclui principalmente engenhos de açúcar, fazendas, madeireiras, construtoras e indústrias têxteis. De acordo com o ministério, essa é a maior inclusão desde o início do estudo, em 2003. Além de diversas multas, as empresas relacionadas no documento têm acesso vetado às linhas de crédito dos bancos públicos e não podem vender sua produção para as instituições estatais. A partir da atualização, a lista passou a conter 220 infratores entre pessoas físicas e jurídicas – sem computar os casos de exclusão por força de decisão judicial. www.mte.gov.br
EDITAIS FILANTROPIA PLATAFORMA ÊXITOS
20.245
Oportunidades Cadastradas
9.597
Modelos de Documentos
3.592
Concedentes que Repassam Recursos
Prazo
31 Dez
2020
Patrocínios e Doações - Instituto Usiminas
Prazo
Matchfunding Enfrente o Corona
Prazo
31 Dez
2020
IberCultura Viva 2020
Prazo
30 Nov
2020
Stop Slavery Award 2021
Prazo
Patrocínio BS2
Prazo
Paranapanema - Doações e Patrocínios
Prazo
Aceleradora P&G Social
Prazo
20 Set
2020
Edital de Patrocínio - Banco da Amazônia
Prazo
2 Out
2020
Arte em Toda Parte
Prazo
20 Set
2020
Prêmio 99 de Jornalismo

PARCEIROS VER TODOS